Rainha do Peladão vai ser investigada pela Polícia Civil do Amazonas

Após tentar persuadir um segurança do Hospital 28 de Agosto para entrar e mostrar a situação dos pacientes com COVID-19 internados na unidade de saúde, a modelo Sandy Brasil se tornou alvo de uma investigação da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM). Além dela, as autoridades também abriram um inquérito contra um digital influencer por descumprimento do decreto que restringe a circulação de pessoas em todo o estado. A restrição é de 19h às 6h.

As ações iniciaram após denúncias feitas à Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O órgão recebeu as informações de que a modelo fez gravações circulando pela cidade na noite de sábado (16). Em um dos vídeos, ela aparece tentando entrar em um hospital da Zona Centro-Sul, mesmo sem a necessidade de atendimento médico emergencial.

O secretário de Segurança, coronel Louismar Bonates, encaminhou a denúncia à Polícia Civil, que vai instaurar um procedimento apuratório no qual a modelo será notificada a prestar esclarecimentos. O caso será conduzido pela Delegacia Especializada em Repressão de Crimes Cibernéticos (DERCC).

A SSP-AM também encaminhou à Polícia Civil a cópia de uma denúncia, divulgada em um portal de notícias da capital, sobre uma festa realizada por um digital influencer, na última sexta-feira (15), em um hotel de Manaus.

‘Criadora de conteúdo’

Os argumentos apresentados pela modelo para entrar no Hospital 28 Agosto ganhou repercussão e memes na internet.

“Eu, como criadora de conteúdo, não posso entrar? Como rainha também não? E como paciente?“, persiste a influenciadora. Após tantas perguntas, o segurança afirma que só poderia como paciente, com sintomas graves da COVID-19.

A reportagem entrou em contato com a modelo pelo perfil dela no Instagram, mas até a publicação desta matéria não obtivemos respostas. O material será atualizado assim que um posicionamento de Sandy for recebido.

*Com informação da assessoria

Fonte: EM TEMPO – Nenhuma violação de direitos autorais pretendida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *