Manaus

Programa Prato Cheio volta a cobrar por refeições a partir desta sexta-feira (01)

A partir desta sexta-feira (01/12), os restaurantes do programa Prato Cheio voltarão a cobrar o valor simbólico de R$ 1 por refeição. A medida é válida na capital e municípios em que havia sido determinada a isenção durante o período de estiagem. Entre outubro e novembro deste ano, período de vigência da isenção, foram servidas mais de 530 mil refeições na capital e interior. 

Além das 17 unidades da capital, outros 17 municípios adotaram a medida: Manacapuru, Autazes, Itacoatiara, Tefé, Parintins, Barreirinha, Humaitá, Manicoré, Carauari, Boca do Acre, Novo Airão, Tapauá, Nhamundá, Pauini, Eirunepé, Presidente Figueiredo e Santa Isabel do Rio Negro. 

 “A isenção do valor de R$ 1 foi uma determinação do governador Wilson Lima para amenizar os impactos causados pela seca às famílias em situação de vulnerabilidade. Além das refeições gratuitas, o programa conta também com as cozinhas populares que servem sopa de forma gratuita”, disse a titular da Seas, Kely Patrícia.

A isenção fez parte de uma série de ações tomadas pelo Governo do Amazonas para atenuar os efeitos causados pela estiagem. Além disso, nos últimos dois meses, também foram entregues cestas básicas, purificadores de água e kits alimentares como parte da Operação Estiagem 2023.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *