Amazonas

Nota de esclarecimento Madim sobre a paralisação dos serviços de radiologia dos hospitais: Platão Araújo, HPS 28 de Agosto, ICAM, HPS da Criança Zona Leste, HPS Zona Sul e Fundação Tropical

Nós recebemos exclusivamente um comunicado sobre a paralisação dos serviços de radiologia dos hospitais acima citados, veja:

“Prezados senhores.

Viemos por meio desta informá-los a paralisação dos serviços de radiologia das determinadas instituições, HPS Platão Araújo, HPS 28 de Agosto, ICAM , HPS da Criança ZL, HPS Zona Sul e Fundação Tropical.

Que se dará a partir da data 14/12/2023 com intuito de manifestarmos em frente a Assembléia Legislativa Do Amazonas, levando em consideração as condições de trabalho bem como salários atrasados, falta de condições financeiras para locomoção e alimentação dos funcionários.

Dito isso, a União decide por hora a paralisar 70% dos serviços radiológicos, os 30% restantes do efetivo irá continuar com atendimentos de emergência, obedecendo a Lei N° 9.656/98.sefa

Lamentamos profundamente o ocorrido, e esperamos que se resolva o quanto antes.

Agradecemos a compreensão de todos!

Manaus/Am, 13/12/2023”.

Sendo assim, a empresa Madim vem por meio desta nota esclarecer que vem há meses fazendo tudo que está ao nosso alcance para que os funcionários recebem seus pagamentos, entretanto, não é uma situação que depende exclusivamente da empresa, assim como os funcionários, nós estamos há meses sem receber.

Abaixo seguem as planilhas com os pagamentos atrasados que a administração pública ainda não liberou:

Esta semana, o secretário de saúde informou que uma pequena parte dos pagamentos dos terceirizados será liberada, a Madim, assim como os funcionários, está no aguardo da liberação para fazermos o repasse corretamente.

Os pagamentos estão sendo bloqueados pela administração pública, logo, ficamos impossibilitados de realizar os valores aos funcionários, pois, assim como qualquer outra empresa, estamos com os pagamentos bloqueados pela administração pública.

Inclusive, recebemos a informação de que o sistema do tomógrafo do ICAM não irá funcionar pois a própria administração pública não liberou o pagamento. A Madim está correndo atrás de honrar com seus compromissos, como sempre os fez e continuará fazendo.

A Madim comunica aos funcionários que essa paralisação está sendo comandada por um deputado estadual do Amazonas, oposição ao Governo do Estado, que está se aproveitando da situação apenas pelo propósito político de cunho eleitoral.

Frisamos que nossa empresa não se envolve com politicagem, fazemos nosso trabalho de forma honesta e correta, o que está acontecendo com os atrasos é decorrências de bloqueios da própria administração pública.

Ressaltamos que entendemos o lado dos funcionários que exigem seus direitos, mas reforçamos que a empresa Madim não apoia qualquer envolvimento de paralização de cunho eleitoral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *