Polícia

Cantor Alexandre Pires é alvo de operação da PF contra garimpo ilegal na Amazônia

O cantor de pagode Alexandre Pires é investigado pela Polícia Federal, suspeito de integrar um esquema de garimpo ilegal em Terras Indígenas Yanomami, na Amazônia. Ao todo, a organização teria movimentado R$ 250 milhões de reais.

A operação “Disco de Ouro” foi deflagrada na manhã desta segunda-feira, 4. No momento em que o mandado foi cumprido, o pagodeiro cantava em um cruzeiro, em Santos. A organização também teria envolvimento do famoso produtor musical Matheus Possebom.

Conforme a investigação, Alexandre Pires teria recebido cerca de R$ 1 milhão de reais. A operação foi realizada em cidades de cinco estados, Boa Vista, Roraima, São Paulo, Pará, Minas Gerais e Santa Catarina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *